Responsabilidade

Os vocábulos “sustentável” e “sustentabilidade” nunca viram tanto uso e tanto abuso, ao ponto de já não terem qualquer validade como garantia de não-agressão ao ambiente. Praticamente, tudo o que fazemos é insustentável. Na TimberBee, tentamos ser o mínimo insustentáveis possível, com o firme objectivo de, um dia, conseguirmos inverter a tendência, e que o balanço do impacto que exercemos sobre o Planeta, com as nossas actividades, seja positivo.

Assumimos o compromisso de sermos uma empresa responsável. Responsável na maneira como lidamos com o ambiente, as pessoas, e a comunidade.

Local

Somos uma empresa profundamente local, que faz parte do tecido local. Não vamos a lado nenhum, queremos continuar aqui daqui a 50 anos.

Consumir localmente

Consumir localmente é uma das coisas mais importantes que podemos fazer pela nossa comunidade. Ao comprarmos a uma grande empresa de distribuição, temos que ter consciência de que o nosso dinheiro, com o qual pagamos o que adquirimos, deixa, imediatamente, a comunidade.

Por outro lado, uma comunidade cuja economia assenta em muitos pequenos negócios, é uma comunidade muito mais resiliente do que se estes fossem substituídos por uma única grande empresa – geralmente, empresas externas à comunidade, que canalizam os rendimentos para a sede, que muitas vezes se encontra fora de Portugal. A não ser que se trate de uma grande superfície (essas parece que vieram para ficar), o risco que uma destas empresas feche portas e se deslocalize para um país de mão-de-obra mais barata é grande, e o impacto de tal deslocalização na economia da comunidade será devastador.

Assim, ao favorecermos uma pequena empresa local com a nossa escolha, estamos a contribuir para a vitalidade da nossa comunidade.

Por estas razões, exceptuando os equipamentos Logosol, que nos chegam da Suécia, tentamos adquirir todos os materiais de que necessitamos para a construção de colmeias e outros equipamentos a pequenas empresas locais, e preocupamo-nos em conhecer a sua origem. As nossas colmeias são produzidas numa pequena oficina de carpintaria local.

Responsabilidade na Utilização dos Recursos

De entre os vários materiais que usamos na construção de colmeias e outros equipamentos, é com a energia (incluindo combustível) e com a madeira que se podem gerar maiores desperdícios.

Tentamos optimizar todas as deslocações que efectuamos, e os nossos protótipos são feitos numa pequena oficina alimentada por energia solar.

Para nós, uma colmeia deve ser feita em madeira, ou cortiça (ou, eventualmente, barro). Tudo o mais são invenções que em nada favorecem as abelhas. E para construir colmeias em madeira é preciso abater árvores. É uma realidade a que não podemos fugir.

Assim, tentamos utilizar da melhor forma (a forma mais responsável) a madeira das árvores cuja destruição causamos.

  • Em primeiro lugar, criando produtos duráveis, que permitam rentabilizar ao máximo o investimento que o cliente fez neles, e que, por durarem mais tempo, evitam que novas árvores tenham que ser abatidas para os substituir.
  • Em segundo lugar, aproveitando a madeira ao máximo, evitando desperdícios imponderados. Do que sobra da construção das caixas, faz-se as ripas para o fundo, por ex., e do que sobra daqui, faz-se quadros móveis ou ripas. A madeira que não encontra aplicação nestas peças é usada como combustível para ferver o óleo de linhaça em que mergulhámos as peças das colmeias. A serradura encontra aplicação como isolamento térmico nas caixas de agasalho, como revestimento do chão dos estábulos dos animais na quinta e como mulching e adubo orgânico para o solo. Aproveitar a madeira ao máximo faz todo o sentido, quer do ponto de vista ambiental, como económico.
  • Em terceiro lugar, sempre que possível, cortando-a nós, de um modo muito menos prejudicial ao mundo natural, usando as nossas serrações portáteis Logosol, que nos permitem extrair tábuas, barrotes, etc, directamente da floresta, sem a necessidade de lá introduzir maquinaria pesada, com todos os inconvenientes que tal opção acarreta.
  • Em quarto, comprando a madeira localmente, evitando centenas de quilómetros de transporte rodoviário.

Muito provavelmente construímos as colmeias menos insustentáveis de Portugal!

Qualidade e Durabilidade

Como dissemos acima, uma das formas com que tentamos minorar o nosso impacto negativo no Planeta é fazendo produtos duráveis e de qualidade, que permitam multiplicar o investimento e gerar mais energia do que a que foi necessária para os criar. Deste modo, o cliente não terá que os substituir tão cedo.

Produtos Naturais

Não usamos tintas nem vernizes para tratamento da madeira. Todas os elementos das nossas colmeias são mergulhados em óleo de linhaça a ferver. Este é um processo moroso, trabalhoso, e por vezes doloroso, mas o produto resultante tem muito mais qualidade, e uma pegada ecológica bem menor.

[button url=”http://www.timberbee.com/index.php/a-empresa/” ]> A Empresa[/button]

[button url=”http://www.timberbee.com/index.php/a-empresa/qualidade/” ]> Qualidade nos Produtos[/button]